Bioestimulador de colágeno para “umbigo triste” após a gestação

Dra. Gabrielle Adames

Aproveitar o inverno para fazer tratamentos estéticos corporais é uma boa estratégia para receber bem o próximo verão. Um dos produtos que prometem contribuir para isso é o Sculptra, bioestimulador do colágeno já muito usado para melhorar a flacidez do rosto e que, nos últimos anos, tem apresentado excelentes resultados também em outras partes do corpo. Muitas mulheres de todas as idades sofrem de flacidez e a causa, varia. A flacidez ocorre pela perda do colágeno começando a diminuir a produção natural a partir dos 25 anos mas pode ser causada também pela perda excessiva de peso, após uma lipoaspiração, perda de peso intensa ou mesmo a gestação.

Após o parto especificamente o umbigo pode sofrer alteração pela perda do volume abdominal e ficar com o aspecto de “umbigo triste”. Nesse caso, a gordura envolta do umbigo faz ele “ fechar” e ficar horizontalizado, ou quando há apenas flacidez, ele fica com aspecto de “ boca triste”, com a pele “virada” para baixo e não para cima. Em casos onde existe gordura, optamos por começar tratando a gordura, para depois tratar a flacidez.

O Sculptra é um tratamento que estimula a produção de fibras colágenas nas regiões aplicadas e reorganiza as fibras colágenas já existente, restaurando a elasticidade natural da pele, promovendo um efeito rejuvenescedor. Uma das principais vantagens do ácido poli-L-lático (PLLA), como também é chamado o Sculptra, é seu caráter biorreabsorvível, biocompatível e hipoalergênico, isto é, a substância não provoca reações alérgicas e é absorvida pelo organismo naturalmente, sem qualquer risco para a saúde. Uma série estudos têm comprovado sua segurança em diferentes áreas da medicina.

O procedimento tem um vasto leque de finalidades, podendo diminuir a flacidez corporal nas mãos, axilas e abdômen, além do aspecto de umbigo triste após a gravidez, a face interna dos braços e coxas, glúteos para elevação da nádega e celute, colo e pescoço. São feitas, em média, de 2 a 4 aplicações com intervalo mensal. Começamos a perceber os resultados após 30 dias e a duração do efeito do estímulo do colágeno é individual, vai depender da quantidade aplicada e do estilo de vida da pessoa, mas, em geral, pode durar entre 12 e 24 meses.

Após o procedimento, as indicações são massagear a área aplicada duas vezes ao dia, por sete dias, para evitar o acúmulo do produto em algumas áreas, pois o objetivo é que o estímulo de colágeno ocorra em toda a área tratada.

Dra. Gabrielle Adames

Dermatologista

CRM:36153 RQE:31040

www.gabrielleadames.com.br

@gabrielleadamesdermato

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Recent Posts

Sobre

Gabrielle Adames

Sou Médica formada pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG), à qual me dediquei com muito carinho e empenho e onde tive certeza que gostaria de seguir aprofundando os estudos na dermatologia. Concluí, então, a pós graduação em Dermatologia pelo Hospital Central do Exército (HCE) no Rio de Janeiro- RJ.

Newsletter

Receba todos os meses as nossas informações sobre a Clínica Gabrielle Adames. 

Posts Relacionados